29 de mar de 2011

Século XXI



Aquela menina usa tanto pó para tapar as espinhas
Passa pela gente escondendo o rosto
Aquele menino freqüenta tanto a academia
Passa pela gente exibindo seus músculos artificiais
Aquela criança não sai da frente do computador
Passa pela gente teclando seu Ipad
Onde está o rock’n’roll?
Onde estão aqueles desocupados que refletiam sucessos e fracassos em canção?
Eu estou aqui pedindo abrigo
Querendo fugir desse século XXI
Voltar no tempo e renascer no meio de uma revolução
Essa nova era já está batida
Cheia de conquistas vazias e dinheiro sujo
A solução está nas nossas crianças cibernéticas
Elas vão criar um software 
Para desordenar todo sistema

E com você?



As notícias percorrem o mundo e meus amigos não sabem da revolução no Egito
O povo derrubou um ditador e o Brasil país dos livres continua alienado.
Enquanto os ingleses aprendem que a Amazônia é deles.
O Brasileiro estuda a chegada dos Portugueses.
A matança dos índios, o descaso é natural.
A sociedade não vive, não sabe.
Não sente a clemência
Sim e com você?
As coisas estão indo bem...
E com você as coisas estão indo muito bem...


16 de mar de 2011

O que estou sentindo agora




Quero beijo, quero alma.
Até quando?
Eu espero, te espero
O que faço é aguardar
Não fujo, te sigo, me escondo, te conquisto.
Depois disso te flagro, te amarro, te deixo...
Me procura, me pede, eu faço.
Depois disso...
Morremos, vivemos,queremos, amamos.
Eu choro, você ri.
Eu faço planos, você nem liga.
Eu sinto, eu vejo, eu busco.
Você corresponde, mas não se prende. Eu aceito!
Me pega, me dobra, me amassa..
Seu cheiro, seu ar, meu respiro
Abraço, te ouço.
Me deito, seus seios.
Sua forma, eu decoro.
Seu olhar, meu mistério
Não decifro, não quero.
Ilusão, paixão, verdade
Minha e sua, só nossa.