17 de dez de 2012

Momentos

Só queria saber voar e voar para longe, bem longe. Outro país, outra galáxia, outro olhar. Sair daqui e esquecer as ilusões, os dias pensativos em que fiquei imaginando nossa casa, o nosso lar, os nossos beijos, as nossas brigas e reconciliações. Esquecer as palavras doces, os momentos de carinho e afeição, pois são esses momentos que machucam mais, quando são lembrados. Nem tudo na vida é maresia, mas quando há amor, o corpo e a mente resistem, pois coração grita mais alto a palavra superação. O amor não foi suficiente, o fervor da paixão não resistiu há tantos problemas. O meu coração ainda acelerava a cada toque do celular. O que aconteceu? Como? Me diga como o amor, o seu amor morreu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário